Página melhor visualizada nos formatos Bêbado ou Alterado Por Substâncias Psicotrópicas

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Planos de Murphy

Opa, rapaz!
20 dias sem post... Estou sem computador... Entende, né?
Tem sido um mês de flertes incessantes com Murphy.
Mas estamos pensando em ver outras pessoas.
Mas enfim, o computador do trabalho vai suprir momentaneamente a minha necessidade.
E ir logo ao que interessa...

Senta que lá vem história!




Pendências eternas.
(Peça em um ato)



Em algum momento entre um prato de fetuccine e a taça de vinho trazidos por sua esposa, o bom Emmerson Rosenberg perde duas faculdades mentais...

- Ah, o que aconteceu? - Sentindo-se estranho e completamente desnorteado. - Onde estou?
Que espécie de lugar é esse?

Em uma pequena caminhada de reconhecimento, o bom Emmerson já recupera lampejos de sua personalidade...

- Que lindo e inusitado rio! Que linda cor que está no céu! Que belos abismos!

Ao longe avista um homem, sentado à beira de um abismo...

- Que bela visão, não?
- Bela visão? Você está louco? Vai saber é por isso você veio parar aqui, é louco, fez alguma coisa ruim e te mandaram para cá.
- Coisa ruim? Mas, eu nunca faço nada de ruim! De fato, o pior ato que já cometi em minha vida foi quando tinha 8 anos e comprei 4 chocolates em uma bomboniere e na verdade tinha pego 5.
- Não sei se você já percebeu onde está... Mas pessoas boas não vêm parar aqui. Eu, por exemplo, matei um trio de velhinhas no mercado... Não aguentava mais esperar elas pagando com moedinhas.
- Mas é verdade, não faço nada de errado.
- Amigão, isso é o inferno! Sabe, aquele do fogo? Da punição? Onde só toca funk? Do condenamento eterno? O que ainda fica mais estranho, já que você estava achando tudo "lindo".
- As paisagens são inusitadas, gosto disso. Claro que o decorador desse lugar exagerou um pouquinho no fogo, nos gritos de agonia e no sangue nos rios... Mas ninguém é perfeito...
Espera aí... Inferno?! Está certo, eu ouvi algumas músicas de Axé uma vez ou outra, mas isso não é motivo para me mandarem para cá! Eu nem sabia que havia morrido.
- Duvido que não tenha cometido pecados! O chefe daqui não costuma se enganar muito com relação as visitas... Sabe, aquele dos chifres? Vamos ver... Me conte sua história, vamos encontrar algo aí...
- Vai me ajudar?! Obrigado! Já gosto muito de você!
Então, eu não sou muito mais do que você está vendo... Comecei a trabalhar com 10 anos, cortando cana.
Juntei dinheiro pelos anos seguintes e aos 15 consegui me mudar para a cidade... Arrumei um emprego como engraxate, com o dinheiro que sobrava comprava alguns sapatos e oferecia para meus clientes...
Algum tempo depois estava trabalhando só com venda de calçados e logo montei uma loja.
Aos 27 anos, três dias depois de abrir minha sétima loja, eu vim parar aqui!
- Sei... algo não está faltando?
- Bom eu prestava serviço voluntário nas minhas horas livres. E fazia doações para orfanatos...
- Não, Isso são coisas boas! Algo ruim?
- Não, eu era uma pessoa pura.
- Você não se esqueceu de mencionar nada?
- Só que uma vez desejei mal à um velho na fila do banco... Isso e minha esposa, que amo de paixão... No dia que morri ela me preparou o jantar, eu comi e acordei aqui.
- Isso do velho acho que não conta. Não é pecado desejar mal quando se está com pressa no banco e aquele simpático senhor na verdade era um Office Velho. Mas e sua mulher, alguma atitude suspeita dela?
- Bem, ultimamente ela estava passando muito tempo na casa de nosso limpador de piscinas, Esteban.
- Acho que ao menos entendi como você veio parar aqui... Ela provavelmente te envenenou, ficou com seu dinheiro e coisas e agora está no caribe com Esteban, digamos que ele deve estar fazendo uma "limpeza na piscina dela".
- Não posso acreditar! Como ela faria uma coisa dessas comigo?!
- Normal, é isso que a maioria das mulheres faz. Por isso matei a minha, esqueci de dizer isso. Mas só o incidente das senhoras já teria me trazido para cá.
- Bem, de qualquer forma, muito obrigado pela ajuda para descobrir isso! Você é ótimo! Lindo! Um ótimo amigo!
- Amigo? Cara, eu estou te odiando! Com todo esse papinho de bom moço... Eu quero resolver isso logo pra ver se você vai embora!
E lindo?! Que história é essa?! Parecendo mais um caminhoneiro que levou uma surra e você me chama de lindo? Estou começando a acreditar que você realmente é um bom homem... O que realmente não faz sentido...
A propósito, em quanto contava sua história, eu roubei sua carteira.
Vai saber,né. Quem sabe aqui a coisa funciona igual na prisão, posso conseguir alguns cigarros...
Ah, já estive preso também. E matei mais alguns por lá... Não vinha ao caso contar também.
- Eu não sei qual o sentido disso. É que Deus escreve certo por linhas tortas...
- Então, camarada... Ele deve ter te sacaneado... Você se atrasou pra reunião com ele?
- Reunião? Aquela coisa de fazer o balanço da vida?- Emmerson abaixou a cabeça por um instante...
- Lembrei!
Eu bebi o vinho que tinha veneno e comi o fettuccine dela, que estava bem ruim. Aqui entre nós, isso por sí já é um veneno.
Então eu morri, acordei no céu. Fui falar com Deus e ele me parabenizou por ser uma pessoa exemplar!
E disse... Bem, enfim, vamos deixar isso para lá... Gostei dessa nossa conversa! Gostaria de ouvir sobre a vez que ajudei uma vaca a dar cria?
- Não! Gostaria que você fosse embora!
- Foi muito bonito. Eu estava passando pela estrada, ouvi um mugido...
- Fica quieto! Fala logo o que ele disse pra você. Do nada me vem com essa conversa sobre vacas...
- Mas é verdade! Foi muito lindo! O milagre da vida!
- Ai que cara chato! Fala logo o que ele disse, por favor!
- Poxa... Eu sou um cara bom, as pessoas pedem e eu acabo cedendo...
Ele disse que tinha uma ultima missão para mim. Em seu nome eu iria dar o tormento eterno para uma alma condenada no inferno. Nesse lindo inferno!
- Ah, não! Isso não! Eu sei que fiz coisas ruins, mas não é pra tanto!
- Bom, teremos muito tempo para discutir o que você fez... Como eu dizia, foi o milagre da vida...





Pois é, meu pessoal. Aqui se faz, aqui se paga.
E Murphy Strikes Back!
Um Conto Desocupado para não deixar o blog abandonado.
Rapidamente me despedindo para voltar ao trabalho.

Eu sou Robinho Bravo:
Até o próximo e emocionante episódio!





Bem Desocupado Soundtracks: Now Playing - Good Morning - Lullaby For The Working Class.

18 comentários:

  1. Não estou sem computador mas é como se não tivesse haha Cara, o tempo voa mas não consigo desenvolver nada. O mês está #trash :P

    []'s

    ResponderExcluir
  2. Eiiiiiii primo! hahaha adorei o conto!... mew... quanta criatividade nessa cabeça enh rsrs... Pouts... e eu aqui precisando de um pouco de criatividade para fazer um projeto... ¬¬
    Bjssss

    ResponderExcluir
  3. Kra, seu blog é bem legal e interessante
    prometo passar aqui outra hora com mais tempo pois
    gostei muito do que eu encontrei

    visite o nosso e comente tmbm

    gostando siga q sempre restribuímos

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Realmente, "Deus escreve certo por linhas tortas".

    hahaha...

    abs,
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Falaaa Bravo

    Na real, vc tem que ver o Ricardo que limpa a minha piscina em Itanhaém...um prato de fetuccine e uma taça de vinho = marido no infernooo!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. uhauhauhauhauha

    Cara, vou ser sincero... eu nem ia ler esse texto de tão grande, mas li um, dois parágrafo e logo terminei o texto. Parabéns pelo texto! Muito bom!

    http://www.nervozero.co.cc/

    ResponderExcluir
  7. hahaa.. gostei do "humor" ao escrever.. boa postagem..

    ResponderExcluir
  8. Gostei da reviravolta...

    Tem o tom de humor, a ligação lei de murphy.. mas a história também é bem intigante.. gostei!

    ;D

    ResponderExcluir
  9. eauhfuhae bom humor sempre é sinônimo de bons textos!
    http://analisefc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. até o inferno aquele com fogo a gente tem na face da terra, rsrs...

    ResponderExcluir
  11. Adorei a história.


    Seguindo... Quando puder, me faça uma visita: http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. TEM COISAS QUE DEVEM FICAR OCULTAS NO FUNDO DA ALMA

    ResponderExcluir
  13. Cara... O texto é muito grande, fiquei com preguiça sério.. Mas li umas partes, achei mega engraçado, salvei aqui para ler em casa, estou no trabalho.. me pareceu um texto que não é chato de se ler.. Me amarrei.

    Tem coisas que devem ficar ocultas no fundo da alma [2]

    Boa quinta feira
    http://blogdoorey.blogspot.com/
    Seguindo.

    ResponderExcluir
  14. Ser feliz mesmo tendo o carro roubado, pode se dizer, que é uma das formas mais puras de felicidade. hauahauashau

    ResponderExcluir
  15. Aaa, eu ia tirar um barato da sua cara por ficar postando no trabalho, mas desisti depois de ler o post, mtoo bom viu!!!
    Bjooos

    ResponderExcluir
  16. kra, vc escreve bem... é sempre bom passar aqui qdo tiver mais tempo para ler mais dos trechos q vc escreve

    parabéns

    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga q seguiremos tmbm

    ResponderExcluir
  17. Mais um excelente conto. Talvez seja errando que se acerta no final, já que "Deus escreve certo por linhas tortas"... Tortíssimas às vezes!

    ResponderExcluir

Rabisque uma opinião.